Planejamento de projeto de Inbound Marketing

inbound marketing
por

Planejamento de projeto de Inbound Marketing é um dos pontos mais críticos para o sucesso do seu projeto. O escopo é determinante para o sucesso de qualquer projeto, seja de engenharia, de TI ou de marketing. A forma como você define o escopo pode atrapalhar o desenvolvimento, extrapolar o orçamento, o prazo de entrega e pode não atender às expectativas iniciais.

O que é escopo: você sabe mesmo?

Segundo definições, escopo é o “trabalho que precisa ser realizado para entregar um produto, serviço ou resultado com as características e funções especificadas”.

O escopo do projeto faz parte da fase de planejamento, e consiste em registrar:

  • Objetivos específicos;
  • Entregas;
  • Custos;
  • Prazos;
  • Descrição dos serviços ou produtos.

É elaborado para explicar ao cliente os limites do projeto, estabelecer responsabilidades de cada membro da equipe e apontar os procedimentos tanto para a realização quanto para a verificação e aprovação do trabalho.

O escopo, então, é importante para a agência e para o cliente, pois esse documento permite o nivelamento das expectativas de ambas as partes em relação ao projeto e a fluidez dos trabalhos.

Para você chegar ao escopo ideal, antes, são necessários alguns passos. Confira!

Como definir o escopo do inbound marketing, afinal?

Construir escopo de projeto de serviços digitais é um desafio ainda maior. Além dos clientes muitas vezes desconhecerem a abrangência dos serviços, é comum não expressarem exatamente o que desejam atingir com a contratação do projeto de inbound marketing.

Como o assunto está em alta, alguns desejam apenas fazer parte, mas não se dão conta de como isso irá ajudar no crescimento da própria empresa. Então, cabe à agência descobrir o que seu cliente deseja e montar um pacote personalizado para ele, afinal, as necessidades e objetivos de cada cliente são peculiares, nunca idênticos.

A definição do escopo dependerá dos seguintes passos:

1° passo: Briefing

Sim, ele mesmo, o bom e velho conhecido das agências. É nessa fase que você entenderá o contexto do cliente e como sua equipe pode ajudá-lo. Faça um briefing que responda às seguintes questões sobre ele:

  • Necessidades; 
  • Objetivos; 
  • Problemas que está enfrentando;
  • Oportunidades para superá-los;
  • Seus objetivos com o Marketing Digital. Onde ele quer chegar?;
  • Por que está contratando o inbound marketing.

Com essas respostas, você pode chegar a algumas conclusões sobre objetivos e metas:

  • Gerar Leads qualificados;
  • Aumentar o ticket médio;
  • Ser autoridade no seu setor;
  • Otimizar conversões do funil;
  • Diminuir custo de aquisição;
  • Fidelizar clientes.

2° passo: Diagnóstico

Antes de sugerir soluções, é necessário avaliar o histórico do cliente e entender qual será o esforço necessário em relação à cada etapa do Funil de Vendas do Inbound Marketing. Entenda em qual estágio sua presença digital se encontra. O que precisa ser melhorado? O que pode ser aproveitado e o que deve ser abolido?

Avalie separadamente como o cliente trabalha atualmente cada fase do funil de vendas: atrair, converter, relacionar, vender e reter.

3º e último passo: Definição do escopo

A partir das projeções que você realizou do funil de vendas e com as informações obtidas, você conseguirá elaborar o plano estratégico, que nada mais é do que o escopo. Os serviços possíveis são muitos, e citaremos alguns logo abaixo, mas lembre-se de selecionar aqueles que se enquadram na estratégia do cliente:

  • Kick-off: planejamento e setup de blog/site;
  • Atração: análise de SEO, produção de artigos e mídia paga;
  • Conversão: desenvolvimento material rico e construção de Landing Page;
  • Relacionamento/venda: fluxo de automação, E-Mail Marketing mensal;
  • Análise: relatório mensal de desempenho.

Com o escopo do projeto de inbound marketing definido, é importante contar com ferramentas que lhe ajudem a executar todo o seu plano e a obter dados reais sobre o desempenho da sua campanha. Para isso, vale a pena adotar a automação de marketing em sua rotina. Para te ajudar, criamos um guia completo de automação para agências, leia agora!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *